Vai comprar casa e precisa de crédito? O que deve ter em conta

Vai comprar casa e precisa de crédito? O que deve ter em conta

Comprar casa é o sonho de muitas pessoas, e uma das decisões financeiras mais importantes na vida de uma família, sobretudo se necessitar de crédito habitação.

Quando tomamos a decisão de avançar para a compra da casa, é nesta altura que surgem muitas dúvidas. Fique a conhecer neste artigo tudo o que deve ter em conta antes de avançar.

Faça contas ao valor que terá de ter disponível

Se está a pensar comprar casa, é importante que não faça contas só ao preço da casa.

Se irá recorrer a um empréstimo, os seus custos podem aumentar uma vez que existem também despesas associados ao processo do banco.

Antes da escritura terá de pagar o Imposto de Selo e o Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT). O custo do IMT irá variar de acordo com o valor da casa e o objetivo da habitação.

Prepare-se para ter pelo menos 10% de entrada, uma vez que atualmente os bancos apenas emprestam 90% do valor da casa.

Sendo assim, recomenda-se que tenha no mínimo 20% do valor da casa. Os 10% serão para a entrada da casa e os restantes 10% para as despesas e impostos.

Tenha atenção à sua taxa de esforço. Saiba mais neste artigo: Taxa de esforço ideal: como calcular?

Procurar Crédito Habitação

Antes de iniciar a procura pela sua casa de sonho, recomendamos que primeiro comece a pesquisar as opções existentes de crédito habitação que vão de encontro às suas necessidades e possibilidades.

Só assim saberá qual o montante máximo que consegue financiar, e poderá procurar casas dentro deste valor.

Nesta fase poderá também contar com a ajuda gratuitamente de um Intermediário de Crédito.

Leia também: Quais as vantagens do Intermediário de Crédito.

Qual será o valor da prestação mensal

O valor a pagar mensalmente irá depender do valor total do seu crédito habitação e do prazo que escolher. Use o nosso simulador para calcular a sua prestação mensal: Simulador de Crédito Habitação.

Qual o prazo que pode escolher para pagar o Crédito Habitação

– Idade igual ou inferior a 30 anos: pode pagar o crédito até 40 anos;

– Idade superior a 30 anos e igual ou inferior a 35 anos: prazo máximo de pagamento do crédito será de 37;

– Idade superior a 35 anos: prazo máximo de 35 anos.

É importante referir que a grande parte dos bancos só aprova créditos habitação até aos 75 anos de idade.

Outros fatores que devem pesar na sua decisão

Taxas de juro

Ao fazer o seu Crédito Habitação poderá escolher entre a taxa fixa, mista ou variável.

Taxa fixa: a mensalidade não aumenta até ao final do prazo definido.

Taxa mista: a taxa é fixa durante um certo período inicial, em que terá sempre o mesmo valor da prestação, e no restante período a taxa é variável.

Taxa variável (Euribor + spread): o spread será sempre o mesmo, mas a prestação mensal pode variar de acordo com as alterações da Euribor.

Leia também: Taxa fixa ou variável: qual a melhor para o Crédito Habitação?

Aceda ao nosso Simulador da Euribor

Seguros

Ao pedir um Crédito Habitação, terá de subscrever o seguro de vida e multirriscos. Saiba mais sobre este tema no seguinte artigo: Como escolher o melhor Seguro de Vida Crédito Habitação.

Quais os documentos necessários para o Crédito Habitação

Documento de identificação (B.I., Cartão do Cidadão ou Passaporte);
Cartão de contribuinte;
Últimos três recibos de vencimento;
Declaração da entidade patronal (indicação da situação profissional);
O extrato bancário dos últimos três meses;
Última declaração de IRS e a nota de liquidação.


Informe-se antes de comprar casa

Fique a saber a casa tem dívidas

Poderá pedir na conservatória do Registo Predial uma nota do imóvel. Através deste documento poderá ficar a saber se a casa tem dívidas fiscais e se está hipotecada. Muito cuidado, pois se a casa tiver dívidas, estas serão passadas para si.

Certifique-se que também que o condomínio tem as contas em dia e que o IMI está pago.

Fique a saber se a casa tem certificado energético

Na hora de comprar ou vender uma casa é obrigatório apresentar o certificado energético.

Quais as despesas de comprar e ter casa

Para além da prestação mensal da sua casa, é necessário contar com as seguintes despesas:

Avaliação do imóvel;

Documentos e taxas de registo da escritura;

Despesas com o processo relacionado com a contratação de crédito habitação;

Imposto do Selo:

IMT – Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis.

Somando às das despesas acima mencionadas, ainda terá:

Prestação bancária;

Seguros (vida e multirriscos);

IMI – Imposto Municipal sobre Imóveis;

Necessidades de fazer obras e/ou reparações;

Condomínio.

Qual o valor dos impostos a pagar

Os valores abaixo são meramente informativos, pelo que deverá fazer sempre uma simulação tendo em conta o valor do seu imóvel. Poderá fazer uma simulação aqui.

Valor do imóvel: 140.000€

IMT a pagar: 1.303,37 €

Imposto de selo: 1.120,00 €

TOTAL A PAGAR: 2.423,37 €

Contrato-promessa de compra e venda

O último passo será assinar um contrato-promessa de compra e venda. Isto irá permitir que consiga reservar a casa, e é um acordo entre ambas as partes, em que o vendedor se responsabiliza a entregar a casa em troca de uma quantia de dinheiro.

Recomendamos que este contrato-promessa de compra e venda seja sempre assinado perante um notário.

Pense no futuro

Sugerimos que faça as diversas simulações analise se tem condições de pagar a sua prestação de os juros subirem 1%, 2% e 3%. Isto irá garantir que em cenários mais difíceis conseguirá pagar a sua prestação.

Pretende ajuda com o Crédito Habitação?

Preencha o formulário abaixo e fale agora com a nossa equipa, estamos à disposição para ajudá-lo(a) de forma totalmente gratuita.

FALE CONNOSCO

A nossa equipa especializada entrará em contato consigo o mais breve possível! Até já!

Artigos Relacionados

0 Comments

Submit a Comment