O papel do Intermediário de Crédito para a sua poupança

intermediario de credito

Este será mais um artigo que deriva do assunto que está no dia a dia do Intermediário de Crédito e que está nas bocas de quem pretende comprar casa, quer seja para habitação própria, quer seja para investir. O tema a taxa fixa vs taxa variável tem ganho proporção, como consequência da Guerra na Europa e consequente inflação. 

Face a esta situação é normal que os banco tenham de arranjar estratégias de modo a se manterem competitivos no mercado. Algumas medidas são, por exemplo, dar ênfase às taxas fixas, de modo a corresponder aos receios de quem se vê perante a subida da taxa da Euribor e com consequentes aumentos na mensalidade do seu empréstimo, o que será compreensível, pois é uma realidade que já não estava presente há uns anos. 

Outra solução encontrada pelas instituições bancárias é a redução da taxa de spread, como forma de atenuação da TAN (Taxa Anual Nominal), que corresponde ao somatório da taxa de spread com a Euribor. 

Estamos perante alterações ao que tem sido realidade nos últimos tempos e no que diz respeito a crédito, existem várias desconfianças e críticas. Têm-se visto várias reações menos boas às soluções das instituições bancárias, mas a verdade é que uma grande parte das pessoas precisa de recorrer a financiamento bancário e é importante tranquilizar quem tem ainda esse sonho e precisa dessa ajuda. 

É importante saber, que todas as informações acerca do que vai contratar com o banco, está descrita numa FINE (Ficha de Informação Normalizada Europeia. Neste documento estão todos os valores que terá de pagar, bem como as possíveis oscilações a esses valores, como são exemplo as variações de taxa da Euribor. 

É também importante ter em conta que o valor da mensalidade não corresponde à integra dos encargos mensais com a sua Habitação. 

Estas variações podem ser simuladas, para que possa saber o impacto que isso poderá ter na sua carteira. 

O intermediário de crédito pode ter um papel fundamental neste acompanhamento, por várias razões, nomeadamente: 

  • Poder de negociação: Este é o nosso trabalho diário, pelo que será óbvio, que consigamos ter à disposição uma maior leque de soluções, além de ter uma maior credibilidade junto dos parceiros bancários; 
  • Imparcialidade: O nosso principal objetivo é criar uma melhoria na situação do cliente e não lutar por uma instituição bancária. A escolha do cliente é feita com base nas soluções documentadas, qualquer que ela seja, será positiva para nós. 
  • Serviço gratuito: O cliente não paga por este acompanhamento, além de poupar tempo e dinheiro em deslocações entre instituições bancárias. 

Além da leitura atenta da documentação e das suas implicações, a literacia financeira é fundamental para que possa poupar. Não é só no crédito habitação que vão surgindo melhores propostas de negócio, mas se não as procurar, as que contratou vão manter-se. Uma das críticas que mais tem surgido com as alterações de taxas dos bancos é “o banco devia de dar aos clientes antigos, as mesmas condições que dão aos novos”. A verdade é que se for ativo na procura de uma solução, pode conseguir até melhores condições, por exemplo noutra instituição bancária, do que um cliente novo na sua. 

Mais uma vez, o intermediário de crédito poderá ser uma solução para si, sem ter de andar à procura de um melhor negócio e de forma gratuita. Como já foi referido em artigos anteriores, mas que importa lembrar, a poupança não é apenas o reflexo do spread. O “seu amigo” pode ter negociado um spread mais baixo do que o seu e ainda assim, despender mais no seu encargo mensal com habitação. Sabia disto? 

Talvez o melhor seja entrar em contato connosco e teremos todo o gosto em explicar tudo, passo a passo e se lhe interessar… Vamos a isso! 

0 Comments

Submit a Comment

Artigos Desta Categoria

No Results Found

The page you requested could not be found. Try refining your search, or use the navigation above to locate the post.

Artigos Mais Recentes