Guerra na Rússia e Ucrânia: como pode afetar o meu Crédito Habitação e as Taxas de Juro?

guerra russia ucrania juros

Mesmo antes deste da guerra na Rússia e Ucrânia, todos nós quando íamos ao supermercado ou atestar o depósito, já sentíamos uma enorme diferença nos valores desde há uns meses para cá, este aumento constante dos preços dá-se pelo nome de inflação.

A inflação tem estado a subir nos últimos meses tendo atingido o valor de 5,1% na zona Euro e em Portugal cerca de 3,4%, se tivermos em conta que o banco paga pelo nosso dinheiro num deposito a prazo 0,1% (valor a título e exemplo), é vermos como a inflação nos afeta no dia a dia e afeta a rentabilidade do nosso dinheiro.

Ora, uma das medidas para baixar a inflação poderá passar pelo  aumento das taxas de juro, situação essa que iria ter impacto direto no mercado de crédito habitação, algo que o BCE já demonstrou que poderá vir a acontecer, mas que Christine Lagarde refutou e defendeu que esta subida não iria ser benéfica para ninguém, “nem resolveria nenhum dos nossos problemas “.

O que é certo é que  Reserva Federal dos EUA já estava a planear um aumento das taxas de juro para Março, isto mesmo  apesar do impacto económico que este conflito poderá trazer.

Com esta guerra na Rússia e Ucrânia e com o aumento dos produtos e matérias primas, também impulsionado pela escassez dos mesmos, esta subida pode ser antecipada, no entanto acredito que seja uma subida calma, ponderada e que não comprometa a estabilidade dos financiamentos nem do orçamento familiar no médio / longo prazo.

Uma subida grande nas taxas provocaria uma crise bem maior e danos bem maiores que este aumento dos preços, podendo ser catastrófico.

Quando ou quanto as taxas de juro vão subir ninguém neste momento consegue responder, o que se verifica é que poderá sim haver um aumento gradual das taxas, mas que não deverá chegar a valores loucos como em 2008, por exemplo.

Obviamente que agora vem a pergunta – taxa Fixa ou Variável? Mantenho o que disse no artigo Taxa Fixa ou Variável aqui do blog, cada caso é um caso!

Siga-nos também nas nossas redes sociais: InstagramFacebook!

0 Comments

Submit a Comment

Artigos Desta Categoria

Artigos Mais Recentes